Comunicado aos alunos sobre o processo de revisão curricular do Mestrado Integrado em Psicologia

 
Fotografia de Reitor do ISPA - IU
Comunicado aos alunos sobre o processo de revisão curricular do Mestrado Integrado em Psicologia
por Reitor do ISPA - IU - quarta-feira, 11 maio 2016, 12:26
 

Tendo tomado conhecimento de algumas dúvidas colocadas pelos estudantes relativamente ao processo de revisão curricular do MIP, que se encontra em curso, e no sentido de proporcionar uma visão clara e informada sobre este assunto, venho por este meio partilhar a seguinte informação:

1. Os objectivos que presidem ao projeto de revisão curricular, atualmente em curso, visam o aperfeiçoamento do plano de estudos tornando-o ainda mais atrativo, atual e consonante com os principais referenciais nacionais e internacionais. Em concreto pretende-se:

 a) Responder às recomendações da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) no âmbito da avaliação do MIP realizada em 2013.

 b) Responder às sugestões dos estudantes, alumni, empregadores e docentes apresentadas nos processos de auscultação que tiveram lugar no âmbito da visita da A3ES em 2012, e em inquéritos subsequentes do Gabinete de Qualidade, Estudos e Planeamento.

 c) Adequar o plano de estudos do MIP aos requisitos do Diploma Europeu de Psicologia reforçando assim a sua internacionalização e a mobilidade dos diplomados do ISPA no espaço europeu.

 d) Aumentar a integração da Investigação realizada no ISPA no Ensino.

 e) Promover a integração dos conteúdos curriculares num menor número de Unidades curriculares de modo a melhorar os processos de ensino-aprendizagem e a conferir um maior equilíbrio no número de momentos avaliativos que são exigidos aos estudantes.

 2. O atual projeto de revisão curricular mantém, no essencial, o peso das diferentes áreas científico-pedagógicas atualmente existentes no MIP, respondendo deste modo aos objectivos enunciados anteriormente sem contudo alterar a matriz original do curso.

 3. O atual processo de revisão curricular iniciou-se em 2013 e tem merecido desde então uma reflexão e análise pelos órgãos de gestão académica da escola, nos termos previstos pelos regulamentos e estatutos instituídos.

 4. A participação dos estudantes neste processo está prevista em dois momentos:

a) na autoavaliação do curso, que decorreu em 2012; 

b) através dos seus representantes no Conselho Pedagógico.

 5. A revisão curricular do MIP entrará em vigor de forma gradual ao longo dos próximos anos, começando pelo primeiro ano curricular, e estendendo-se sucessivamente a cada um dos restantes anos curriculares nos anos letivos seguintes. Assim sendo, a revisão curricular não afetará os atuais estudantes pois irão prosseguir o seu percurso no atual plano de estudos.

Com as mais cordiais saudações académicas,

O Reitor do ISPA – Instituto Universitário

Professor Doutor Rui Oliveira

 

Lisboa, 11 de Maio de 2016